Oração da cachaça

13/06/2012 | Postado em Piadas
Tags:

Santa cachaça bendita
Que tomo com emoção
Não atropela meu fígado
Faz-me bem ao coração

Não te bebo por querela
Bebo-te não é por luxo
Se bates comigo na goela
Eu bato contigo no bucho

Se não bebo, eu te quero
Se te bebo, quero mais
Doce benção que da cana
Tiraram nossos ancestrais

Com prazer vou te tomando
Viro o gole e não chio
Se não desceres queimando
Eu não terei arrepio

Tu vens macia pra mim
Sedento eu vou “para ti”
Um dia irás me matar
Mas hoje eu vou te engolir

Cachaça é como mulher
Pra se manter a polidez
Pode-se bem tomar todas
Mas uma de cada vez

Bebo pra abafar a tristeza
Bebo pra aumentar a alegria
Bebo mesmo é por prazer
Não é por vício ou mania

Se és branca ou amarela
Se purinha ou com limão
Vou te traçando sem trela
Mas faço minha oração

Eu bebo sem preconceito
Pinga boa é mesmo um mel
Bebendo ou não, sei que morro
E vou pro inferno ou pro céu

Eu te mato e tu me matas
Bebo-te, mas sempre num canto
És de fato, quem me empatas
Pois deixo alguma pro santo

Jesus Cristo tomou vinho
Mas aqui uva não dá…
Dá cana caiana das boas
Pinga então vamos tomar

Oh! São Damião e São Cosme
Valha-me Santo Agostinho
Que eu tenha força no braço
Como porco tem no focinho

Apelo pra todos os santos
Que ela só me faça bem
Que eu tenha saúde e vigor
Pro trabalho e amor também

Abro tranqüilo a boca,
Arreganho bem minha goela
Preparo então minha alma
Que queimando lá vai ela.




Deixe um comentário