Biografia do jogador Neymar

19/04/2012 | Postado em Futebol
Tags:

Biografia do jogador Neymar

Neymar da Silva Santos Júnior, mais conhecido como Neymar ou Neymar Júnior (Mogi das Cruzes, 5 de fevereiro de 1992), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Santos.

Carreira

Santos

2009

Neymar estreou no time profissional do Santos em 7 de março de 2009, contra o Oeste, de Itápolis, no Estádio do Pacaembu, partida vencida pelo Santos por 2×1 e válida pelo Campeonato Paulista. Neymar marcou o primeiro gol da carreira em 15 de março de 2009, contra o Mogi Mirim, no Estádio do Pacaembu, partida vencida pelo Santos por 3×0 e válida pelo Campeonato Paulista.

Mais tarde, nas semifinais da competição, o Santos encarou o Palmeiras, e venceu os dois jogos por 2×1, e Neymar marcou o gol da vitória no primeiro duelo, realizado na Vila Belmiro. O jogador não repetiu as atuações empolgantes nas duas partidas que decidiram a final do Paulistão, e o “Peixe” acabou ficando com o vice-campeonato, perdendo o título para o Corinthians. Contudo, Neymar foi eleito a revelação do campeonato. Pelo Campeonato Brasileiro, obteve destaque ao lado de Paulo Henrique Ganso, mas o Santos acabou terminando na 12ª posição.

2010

Pelo Campeonato Paulista, Neymar conseguiu o feito de marcar cinco gols em cinco clássicos, no mais notável, marcou três gols contra o São Paulo, além de marcar contra o Corinthians, e contra o Palmeiras, na campanha em que o Santos se consagrou Campeão Paulista de 2010. Contra o São Paulo (na primeira fase) a partida foi vencida por 2×1, já nas semifinais foram duas vitórias (3×2 e 3×0), contra o Corinthians a partida também foi vencida pelos Santos, por 2×1. Contra o Palmeiras, sua equipe perdeu pelo placar de 4×3. Após a vitória na campanha estadual, a equipe formada por Neymar, Paulo Henrique Ganso, Robinho e André, foi apelidada de “Meninos da Vila”, apelido geralmente dado à times que o Santos forma, com jogadores de categorias de base como destaque.

O segundo título na temporada viria na Copa do Brasil, Neymar se destacou nas goleadas contra o Naviraiense, vencida por 10×0, além do 8×1 sobre o Guarani, jogo este, em que marcou cinco dos oito tentos da equipe santista, em partida disputada na Vila Belmiro, no jogo de ida das oitavas-de-final da competição. No dia 28 de julho, na final do torneio, Neymar marcou um dos gols, ajudando o Santos a vencer por 2×0 a partida de ida, contra o Vitória. Apesar da derrota no jogo de volta em Salvador, o Santos sagrou-se campeão do torneio, Neymar foi o artilheiro com onze gols, garantindo a vaga do Santos na Libertadores do ano seguinte.

2011

O ano de 2011 iniciou com todos os “holofotes” do futebol brasileiro sobre Neymar. Após o último ano, ele é considerado por muitos especialistas como o melhor jogador em atividade no país. Restava apenas saber se ele corresponderia como o principal protagonista de um time.

Pelo Santos, agora reforçado por Elano, Neymar iniciou a temporada ajudando o clube a classificar-se para a fase final do Campeonato Paulista. Em seguida, o Peixe venceu a Ponte Preta nas quartas-de-final, e passou pelo rival São Paulo nas semi-finais, no clássico chamado San-São. Na final, enfrentou o Corinthians, que havia passado pelo Palmeiras nas semis. No primeiro jogo, realizado no Estádio do Pacaembu, o empate sem gols mostrou-se um bom resultado para o Santos no jogo da volta, já que agora a equipe precisava apenas do placar mínimo para ser campeão. No jogo da volta, na Vila Belmiro, o Santos venceu por 2×1, com um dos gols tendo sido marcado por Neymar, tornou-se bi-campeão paulista, e pela 19ª vez campeão estadual.

Pela Copa Libertadores, o Santos classificou-se na segunda colocação do grupo 5, atrás do Cerro Porteño, e passou pelo América do México nas oitavas-de-final, vencendo por 1×0 na Vila Belmiro e segurando o 0×0 na casa do adversário. O Once Caldas foi o adversário nas quartas-de-final, no jogo de ida, na Colômbia, o Santos venceu por 1×0, com boa atuação, tendo também dado o passe para o gol marcado por Alan Patrick. Na volta, o empate por 1×1 no Pacaembu assegurou a vaga do Peixe nas semi-finais, tendo novamente o Cerro Porteño como adversário, assim como na fase de grupos. Contra o Cerro, o Santos venceu no jogo de ida, novamente no Pacaembu, por 1×0. Na volta, no Paraguai, após o empate em 3×3, os santistas garantiram sua vaga na final.

Na final da Copa Libertadores o Santos teve como adversário o Peñarol, que havia vencido o Vélez Sársfield na outra semi. No jogo de ida, realizado no Estádio Centenário, em Montevidéu, Neymar teve uma atuação apagada e sofreu muito com a dura marcação dos defensores uruguaios, chegando a receber um cartão amarelo numa jogada que, segundo o árbitro Carlos Amarilla, o jogador simulou ter recebido uma pancada na região do abdômen. No intervalo do jogo, Neymar alegou ainda que Amarilla o ameaçou várias vezes de expulsão caso continuasse caindo ou fizesse falta, fato que lhe suspenderia do jogo de volta:

Apesar de uma partida movimentada e com muitas chances para ambas as equipes, o jogo terminou em 0×0. Na partida de volta, Neymar fez um dos gols da vitória por 2×1, ajudando o Santos a conquistar o título da Copa Libertadores, após 48 anos.

Seleção Brasileira

Sub-17 e Sub-20

Pelas seleções de base do Brasil, Neymar defendeu a Sub-17, em 2009, e a Sub-20, em 2011.

Pelo Sub-17, participou do Copa do Mundo Sub-17 de 2009, onde o Brasil foi eliminado logo na primeira fase da competição. Neymar marcou um gol na partida de estreia, contra o Japão, vencida pelo Brasil por 3×2. Posteriormente, o Brasil sofreu duas derrotas por 1×0, para México e Suíça, e foi precocemente eliminado da competição.

Pelo Sub-20, por outro lado, obteve resultados melhores. Fez parte do elenco campeão do Sul-Americano de 2011, resultado que garantiu a vaga brasileira nas Olimpíadas de 2012. Era o jogador mais badalado da equipe, e logo na primeira partida, marcou os quatro gols da vitória por 4×2 sobre o Paraguai. Após esta partida, o Diário Olé chegou a apelidá-lo de Neymaradona. Ao fim do Sul-Americano, foi também o artilheiro do torneio, com nove gols.

Seleção principal

Pela Seleção Brasileira principal, recebeu sua primeira convocação em 26 de julho de 2010 pelo técnico Mano Menezes, que havia acabado de assumir o cargo. A convocação era para o amistoso contra os Estados Unidos, em Nova Jérsey, no jogo, Neymar marcou um gol de cabeça, seu primeiro gol com a camisa canarinha, logo na estreia.

Após ficar de fora da convocação seguinte devido ao seu atrito com Dorival Júnior no Santos, foi chamado novamente pela seleção no dia 29 de outubro para outro amistoso, desta vez contra a grande rival Argentina. Na partida, o jogador teve uma atuação razoável, mas não pôde evitar a derrota por 1×0, em gol marcado por Lionel Messi.

No ano seguinte, continuou sendo chamado por Mano, agora para o amistoso contra a Escócia, realizado em 27 de março de 2011,. Neste jogo, teve sua melhor atuação até hoje pela seleção, marcando os dois gols da vitória por 2×0, um deles de pênalti, sofrido por ele próprio.

Em junho, atuou em mais dois amistosos, um empate em 0×0 contra os Países Baixos e uma vitória por 1×0 contra a Romênia. Nestes dois jogos, não marcou nenhum gol e teve atuações abaixo do esperado, mas foi o autor da assistência para o gol de Fred na vitória pelo placar mínimo sobre os romenos. Após esta partida, Mano Menezes anunciou a lista de convocação do Brasil para a Copa América, e incluiu Neymar, que disputará seu primeiro torneio pela seleção principal.

Copa América

Neymar chegou à Argentina, sede da Copa América, como o principal protagonista. Após a conquista da Copa Libertadores com o Santos, ele era apontado pelos jornalistas esportivos como o jogador em melhor fase dentes os 23 convocados. Na partida de estreia, contra a Venezuela, esteve durante os 90 minutos em campo e não pôde evitar o frustrante empate em 0×0. No jogo seguinte, agora frente ao Paraguai, novamente fez muito pouco e chegou a ser vaiado quando foi substituído por Fred, que poucos minutos após sua entrada marcou o gol que garantiu o empate por 2×2. Seu desempenho inicial na Copa América tem sido abaixo das expectativas: nos dois primeiros jogos, ele pouco finalizou e teve números abaixo do que vinha apresentando em seu clube. No jogo seguinte, contra o Equador, Neymar finalmente “destravou” no torneio, marcou dois gols na vitória por 4×2 e ajudou a garantir o Brasil na primeira colocação do grupo, tendo agora o Paraguai como adversário nas quartas-de-final.

Fonte: Wikipédia




17 comentários para “Biografia do jogador Neymar”


  1. Neymar fico feliz por vx ser um menino independente de seus pais como:começou a jogar bola desde os 9 anos de idade…
    Que Deus sempre te abençõe e que voce seja muito feliz com o seu filho Davi Lucca…

    AMÉM


  2. Neym@r nós te amamos mto,eu helen e a minha amiga gabi te achamos um pitelsinho.há há há há há…
    aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii sssssssssssssssssssssssssse euuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu ttttttttttttttteeee pppppppppppppppeeeeeeeeeeeeeeeeegggggggggggggoooooooooooo.aaaaaaaaaaaassssssssiiiiiiiiiiiimmmmmmmmmmmmmmmmmmm vvvvvvvvvvvvvvvvvvvvooooooooooooooocccccccccccceeeeeeeeeeee mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmaaaaaaaaaaaaattttttttttttttttttttttaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmaaaaaaaaaaaaaaaaaaaammmmmmmmmmmmmmmmmmmaaaaaaaaaaaaaaaaeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
    bjsxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.

    UM GRANDE BJX NESSA LINDA BOCA
    ass: G@bi 2012 y Helen2012


  3. o vc joga de mais


  4. neymar e o cara ele e muito bom de bola parabéns Neymar


  5. Neymar tu és um estupenda jogador aprecio-te bwé…


  6. vc joga muito


  7. Neymar,nós te amamos de +
    Vc é super 10♥
    Vc é nosso sonho de consumo
    bjsssssssss
    esperamos um dia te ver pessoalmente!♥♥


  8. sou sua fa espero um dia d conhecer pessoalmente pois vc merece td d bom elen d um otimo jogador mostrou q es um otimo pai meus para bens meu anjo bjs ty adoroi muito


  9. OI NEYMAR EU TEO 11 ANOS GOSTO MUITO DE VOCE


  10. neymar vc joga de mais. ,mano eu so seu fâ ,por tudo oq vc fais


  11. neymar,eu te amo muito,meu sonho desde muito sedo é te conhecer pessoalmente,nunca amei ninguen como eu te amo,pena ke morro longe de sao paulo.alem disso so santista e tbm torço pro seu time,sem vc eu n conseguiria viver.bjao, <3 e ate um dia ke eu conhecer vc pessoalmente,e eu n canço de dizer ke eu TE AMO MUITO E MUITO…..


  12. neymar te amo so santista de coraçao e meu sonho e te conhecer pessoalmente com fe am Deus vai se realizar te amoooo <3


  13. oi neymar


  14. oi neymar e tenho 12 anos gosto muito de vc


  15. voce e demais sucesso
    seu filho e lindo


  16. Neymar você é u fera na bola


  17. vc veio jogar na minha cidade jonville nao vai enbora neymar junior vc e muito bom queria te conhecer um dia tenho anos estudo na escola ruben oberto schmidlin professora josiane

Deixe um comentário